Capa » Notícias » Internacional » Venezuela: Empresa responsável pela contagem de votos denuncia manipulação

Venezuela: Empresa responsável pela contagem de votos denuncia manipulação

Os dados da participação na eleição para a Assembleia Constituinte, realizada no domingo passado na Venezuela, foram “manipulados”, denunciou hoje em Londres a empresa responsável pela contagem dos votos do escrutínio.

“Com base na robustez do nosso método, sabemos, sem qualquer dúvida, que [os números da] a afluência às urnas na recente eleição para a Assembleia Constituinte Nacional foi manipulada”, disse Antonio Mugicala, diretor-executivo da SmartMatic, numa conferência de imprensa na capital britânica.

O representante da empresa britânica indicou que “a diferença entre a participação real e a anunciada pelas autoridades é de pelo menos um milhão de votos”.

Segundo as autoridades venezuelanas, mais de oito milhões de eleitores, cerca de 41,5% dos eleitores inscritos, participaram no escrutínio de domingo.

A eleição foi boicotada pela oposição venezuelana, que alega que o ato eleitoral é um caminho para prolongar o poder do Presidente venezuelano, Nicolas Maduro, cujo mandato termina em 2019.

 

SCA // ANP

Lusa/Fim