Capa » Notícias » Educação » Uso da língua portuguesa nos Estados Unidos muda de paradigma

Uso da língua portuguesa nos Estados Unidos muda de paradigma

O uso da língua portuguesa nos Estados Unidos está a sofrer uma “mudança de paradigma” sendo utilizada na relação intergeracional, mas também na valorização profissional dos jovens, declarou o diretor regional das Comunidade dos Açores.

Paulo Teves, à margem da 42.ª Conferência Anual da ‘Luso-American Education Foundation'(LAEF), a decorrer na Califórnia, especificou à agência Lusa que os jovens da segunda e terceira gerações de açorianos radicados nos Estados Unidos estão a usar a língua não apenas no diálogo com os seus avós e pais, mas vêem na mesma uma forma de valorização profissional.

A LAEF é uma fundação sem fins lucrativos, fundada a 12 de junho de 1963 por um grupo de cidadãos de origem portuguesa, cujos objetivos visam a promoção e patrocínio da língua e cultura portuguesas no território norte-americano.

Como principais atividades da LAEF destaca-se a Conferência Anual sobre Educação, que se realiza desde 1975, a celebração do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, desde 1966, a atribuição de bolsas de estudo para estudantes universitários, também desde 1966, a par da realização de um curso de verão para estudantes do ensino secundário.

Questionado sobre o facto de a língua portuguesa estar a perder terreno nos Estados Unidos para o espanhol, Paulo Teves destacou um encontro que manteve com cerca de 300 alunos de português de três escolas do ensino secundário e da California State University, onde foi sublinhado o seu valor “extremamente importante” na vertente da empregabilidade.

Para o responsável pelas relações dos Açores com as comunidades de emigrantes de origem açoriana, “tem-se assistido a um maior interesse por parte dos jovens” no uso da língua, havendo ainda interesse dos mesmos em visitar a terra de origem dos pais e avós.

No encontro da LAEF está a ser analisada a definição de uma estratégia de ação para a promoção da língua e da cultura portuguesas na Califórnia, onde se concentra a maior comunidade de emigrantes de origem açoriana, a par da costa leste dos Estados Unidos.

Para além da presença no encontro, Paulo Teves reúne-se com o ‘Portuguese-American Leadership Council of the United States’( PALCUS) e participa na noite cultural portuguesa, que reunirá a comunidade residente, a par da inauguração da exposição “Celebrando 15 anos da maré cheia nas páginas do ‘Tribuna Portuguesa’”.

No terceiro e último dia da deslocação à Califórnia, Paulo Teves reúne-se com a direção da ‘California Portuguese American Coalition’ (CPAC) e está presente na cerimónia de entrega de prémios da Conferência Anual da ‘Luso-American Education Foundation’.

JYAM // MLS

Lusa/Fim