Capa » Notícias » Comunidades » Professores de português no Canadá criam associação para apoiar o ensino da língua portuguesa

Professores de português no Canadá criam associação para apoiar o ensino da língua portuguesa

Os professores de português no Canadá criaram uma associação que pretende apoiar os docentes no “desenvolvimento e na investigação da língua portuguesa”, disse hoje à agência Lusa a presidente daquele organismo.

A associação “visa apoiar os programas de português, o desenvolvimento e a formação profissional dos docentes e a investigação sobre o ensino e a aprendizagem da língua portuguesa e das culturas lusófonas”, afirmou Anabela Rato, presidente da Associação Canadiana de Professores de Português (CATpor).

A CATPor foi concebida com o principal objetivo de “promover diálogos produtivos entre os diferentes membros da associação”, abrangendo não só os docentes desde o ‘Early Learning Program’ ao ‘Grade 12′, como também os professores das instituições de ensino superior e das escolas comunitárias.

No Canadá, há cerca de 130 professores de português em todos os níveis de ensino.

A associação nasceu de “um espírito de troca de salutares sinergias entre diferentes profissionais de educação”.

“Neste caso concreto, a associação nasceu de um desafio que me foi lançado pela Coordenadora do Ensino de Português no Canadá, Ana Paula Ribeiro: o unir, numa associação, todos os professores que se encontrem a ensinar português no Canadá. E, reconhecendo a importância que a mesma teria, rapidamente o abracei, com o maior gosto”, acrescentou a docente.

A CATPor pretende a promoção de “diálogos produtivos entre os diferentes membros da associação”, pois só desta forma é que “poderão ser alcançados os seus objetivos”, disse a responsável.

“Um diálogo que prime, assim, pela criação real de trocas de conhecimentos, de experiências e, inclusive, de materiais para o ensino do português”, disse.

“Com um corpo docente motivado, como é já uma realidade, a excelência do ensino da língua portuguesa será sempre a prioridade maior de cada docente. E o nosso papel será, precisamente, o de procurar criar oportunidades que facilitem esse percurso: o da excelência, portanto, nos programas de língua portuguesa no Canadá”, sublinhou.

A associação vai ser apresentada oficialmente no simpósio ‘Ensino de Português no Canadá’, a ter lugar no dia 28 de abril.

Além de sessões de formação programadas, de intervenções da Coordenação do Ensino e dos elementos da sua direção, terá a presença de professores delegados, em representação das várias escolas e universidades das diferentes províncias do país.

Anabela Rato, doutorada em Ciências da Linguagem pela Universidade do Minho, é professora auxiliar na Universidade de Toronto desde 2016.

O Português é cada vez mais ensinado no Canadá como língua segunda ou estrangeira, afirmando-se como uma importante língua de comunicação internacional.

SEYM // VM

Lusa/Fim