Capa » Notícias » Economia » Estados Unidos prolongam por um mês isenção das tarifas sobre importações

Estados Unidos prolongam por um mês isenção das tarifas sobre importações

O governo dos Estados Unidos adiou por 30 dias a imposição das novas tarifas sobre as importações de aço e alumínio para os países da União Europeia (UE), México e Canadá, anunciou na segunda-feira a Casa Branca.

“A administração [do Presidente norte-americano, Donald Trump ] estendeu as negociações com o Canadá, o México e a UE por mais 30 dias. Em todas as negociações, o governo concentra-se em cotas que restrinjam as importações e protejam a segurança nacional”, lê-se no comunicado.

Na semana passada, a chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron deslocaram-se a Washington com o objetivo de tentar convencer Trump a tornar permanente a exceção da UE na aplicação das tarifas alfandegárias, de 25% para as importações de aço e de 10% para as de alumínio.

Os Estados Unidos decidiram manter a isenção provisória até ao próximo dia 01 de junho.

De acordo com o comunicado divulgado, a Argentina, o Brasil e a Austrália estão isentos por tempo indefinido. Já a Coreia do Sul está isenta permanentemente, após ter chegado a um acordo definitivo com Washington.

O governo dos Estados Unidos anunciou que o acordo com a Coreia do Sul “é final” e que os acordos com a Argentina, Brasil e Austrália são “princípios de concordância”, cujos pormenores serão anunciados em breve.

A administração norte-americana anunciou, em março, a aplicação de taxas alfandegárias de 25% sobre as importações de aço e de 10% sobre as de alumínio.

FST // EJ

Lusa/Fim