Capa » Notícias » Comunidades » Comunidades nos EUA consideram “muito importante” celebração de Dia de Portugal no país

Comunidades nos EUA consideram “muito importante” celebração de Dia de Portugal no país

De Massachusetts à Califórnia, as comunidades portuguesas nos EUA consideram “muito importante” a decisão de realizar as celebrações oficiais do Dia de Portugal neste país em 2018.

“Vai ser muito importante para uma maior projeção de uma comunidade que tem um valor e sucesso que não tem sido reconhecido. Aplaudimos a decisão e acreditamos que vai beneficiar as comunidades e os dois países”, disse à Lusa o diretor da Portuguese-American Leadership Council of the United States (PALCUS).

Angela Costa Simões acredita que “as comunidades receberam bem a notícia” e “vão querer participar para dar todo o brilho, sucesso e significado” a estas celebrações.

“Penso que é de louvar a estreita ligação que o Presidente [Marcelo Rebelo de Sousa] tem procurado estabelecer com as comunidades portuguesas desde que tomou posse, manifestando com ações e não somente palavras ocas aquele conceito citado por muitos governantes que os portugueses que vivem no estrangeiro são tão portugueses como os que vivem em Portugal”, explicou à Lusa a editora de O Jornal, Lurdes da Silva.

A jornalista, que edita um jornal português em Fall River, em Massachusetts diz que a comunidade está a contar com a presença de Marcelo Rebelo de Sousa na cidade.

“Dado o Presidente ter expressado que ‘vai passar por vários sítios onde há comunidades açorianas que nunca acabam’ e Fall River ser considerada a cidade ‘mais portuguesa’ dos EUA em termos demográficos, devido à enorme comunidade açoriana que aqui reside, penso que faria todo o sentido que o Presidente nos viesse fazer uma visita no próximo ano”, explicou Lurdes da Silva.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou no início do mês que as comemorações de 2018 do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesa vão ser nos Estados Unidos da América.

“Para o ano vamos ter uma grande festa, porque o 10 de junho vai ser nos Estados Unidos da América”, afirmou o chefe de Estado, adiantando que “vai “passar por vários sítios onde há comunidades açorianas que nunca mais acabam”.

Segundo a Direção Regional das Comunidades, que cita dados dos últimos censos norte-americanos, a comunidade portuguesa nos Estados Unidos é de cerca de 1,4 milhões de pessoas, estimando-se que 70% seja de origem açoriana.

Não obstante estar representada em todos os Estados daquele país, a comunidade açoriana é mais expressiva na Califórnia, Massachusetts e Rhode Island.

 

AYS // EL

Lusa/Fim