Capa » Notícias » Comunidades » Carlos do Carmo e Celeste Rodrigues atuam juntos em abril no Town Hall de Nova Iorque

Carlos do Carmo e Celeste Rodrigues atuam juntos em abril no Town Hall de Nova Iorque

Carlos do Carmo atua no dia 07 de abril, no Town Hall, em Nova Iorque, um espetáculo em que a convidada especial é Celeste Rodrigues, anunciou a sala norte-americana.

A atuação dos dois veteranos fadistas realiza-se no âmbito do II Festival do Fado em Nova Iorque e, nas duas noites anteriores, sobe ao mesmo palco Ana Moura.

Para a sala nova-iorquina, “não há outra voz no fado como a de Ana Moura”. “A sua voz requintada percorre livremente a tradição portuguesa, piscando o olho elegantemente à pop, alcançando resultados impressionantes”, afirma a Town Hall.

O II Festival do Fado de Nova Iorque acontece de 23 de março a 07 de abril e, além de Carlos do Carmo, de 78 anos, distinguido com um Grammy Latino de Carreira, em 2014, e Celeste Rodrigues, de 94 anos, atuam Ricardo Ribeiro, no dia 24 de março, no Schimmel Center, António Zambujo, no dia 29 de março, no átrio do Lincoln Center, e Lula Pena, no dia 29 de março, no Schimmel Center.

Sobre o espetáculo de 07 de abril, que encerra o festival, a Town Hall afirma que “é uma noite histórica para o fado, quando os mais famosos artistas de Portugal, Carlos do Carmo e Celeste Rodrigues, se apresentam pela primeira vez” nesta sala.

A sala nova-iorquina refere-se a Carlos do Carmo como “uma lenda viva desta tradição icónica portuguesa”, aponta o criador de “Canoas do Tejo” como “a principal voz masculina do fado”.

Carlos do Carmo é “um mestre de música incomparável”, lê-se na apresentação do festival, que realça o modo como o seu “domínio vocal exemplifica o anseio, o amor não correspondido, a solidão e a esperança otimista para o futuro, que definem o fado”.

“O outro tesouro vivo de fado, Celeste Rodrigues, irmã mais nova da lendária Amália Rodrigues, encarna a saudade do fado”, afirma a sala.

Celeste Rodrigues, criadora de êxitos como “A Lenda das Algas”, um original de Laerte Neves, participou no ano passado na maratona fadista d’A Mesa de Frades, em Lisboa, e faz parte do elenco do filme “Alfama em Si”, de Diogo Varela Silva, que tem estreia prevista para este ano.

Carlos do Carmo e Celeste Rodrigues serão acompanhados pelos músicos José Manuel Neto, na guitarra portuguesa, Carlos Manuel Proença, na viola, e Daniel Pinto, na viola baixo.

NL // MAG

Lusa/Fim